terça-feira, 11 de outubro de 2011

Vivendo.





          Às vezes eu penso que todos a minha volta viraram as costas para mim. Percebo os olhares, relevo isso e pulo mais um obstáculo, Aceito críticas. Pode até ser que elas me ajudem, mas não aliviam meu calo. Calo-me diante disso.  Como bem disse Clarice Lispector: “-Se você me jogar de um penhasco abrirei meus braços e direi: E daí? Eu adoro voar!”.
          Assim vou vivendo, tropeço várias vezes até meu calo ficar em carne viva. Desisto fácil, me apego fácil, conquisto fácil, mas nenhuma dessas facilidades me trouxe você.


- Esse pequeno texto foi escrito por uma pessoa bem especial: Aivlis Maria.


segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Quando?




          Mais um grito contido, mais uma dor sentida, chegam! É demais pra mim, meu corpo não suporta mais tanta pressão, tanta falta, é ruim sentir que você, por mais que tente, não consegue nadar pro lado certo, subir e conseguir respirar. Já não preciso mentir, eu sinto pelo vento o que acontece me largar no tempo, deixar de viver, não morrer, apenas não saber como seguir em frente
          São súplicas de um coração partido, que sofre tanto que chega a dar dó. Tudo isso me corrói por dentro, me maltrata, me faz desejar cada dia mais, e o que posso fazer? NADA, só assistir ao meu próprio fim, é algo que me prende e me leva ao fundo de tudo isso. Bastava não ter começado se não era capaz de suportar tudo o que viesse a acontecer não deveria ter sido tão cruel em levar adiante uma história que só me faria sofrer cada dia mais.
          As horas passam e eu não vejo, os sinais de cansaço se apresentam em meu rosto todas as manhãs, a insônia me consome e a tristeza preocupa o que fazer? Será que alguém um dia vai me dizer?

Nós.

         



          O tempo fechou, nuvens escuras tomaram todo o céu e a chuva veio. Aquele ventinho gostoso que bateu na janela, enquanto nos aquecemos. Corpo com corpo, mãos entrelaçadas, pés que disputam o mesmo espaço embaixo do nosso edredom. É bom observar você dormir meu amor, me lembra do tempo em que eu nem sabia seu nome e mesmo sem saber, todas as noites eu lhe desejava boa noite. Desejando o tempo todo por você.
          Quem diria que algum dia teria você aqui em meus braços, fazendo parte do meu corpo como faz hoje em dia. Quem bom que o tempo te trouxe para perto de mim, trazendo todo esse amor recíproco. Aconchego-me novamente em seu peito, para sentir mais um pouco desse seu calor e assim dormir ao seu lado, enquanto o mundo vai acontecendo lá fora.


segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Querido ...




          Comecei com um simples “querido diário” era, na época, suficiente pra expressar todas as experiências da minha infância, com o passar do tempo comecei a perceber que já não satisfazia as necessidades de uma mente adolescente, agitada e conturbada fase, eram muitas informações, muitas situações, que um simples diário não suportaria.
          Passei então a usar uma agenda, onde podia contar tudo o que queria, compartilhar com amigas e receber aqueles recadinhos que deixam nossos dias mais felizes, com recortes e colagens, coisas simples que variavam de um simples bombom recebido a uma declaração de amizade profunda.
          Essa época passou, hoje minha mente amadureceu, os momentos da minha vida passam a ser guardados na memória, vivo em uma nova fase, algo que exige um meio “mais sério”, resolvi depois de um incentivo, escrever textos, metáforas ou até mesmo realidade, cada um com um nome por trás. Sentimentos proferidos por simples palavras.

O que me faz escrever




          Perguntaram-me hoje por que eu não escrevo um livro, pra falar a verdade essa idéia já passou pela minha cabeça algumas vezes, mas pra ser sincera ainda hoje tenho vergonha de escrever, parece estranho, pra quem me conhece, prefiro ficar assim fazendo textos livres com temas que acho interessante.
          Pôr pra fora todo o sentimento do momento, traduzir em palavras o que meu coração, minha mente, meus gestos e ações querem expressar e nem sempre são compreendidos, escrever me dá a sensação de liberdade, de que posso abrir meus segredos e pensamentos sem medo algum, o incompreendido às vezes é tão simples de se perceber.
          É isso que me faz amar a leitura e a escrita, sou bem suspeita pra falar meu curso me exige isso diariamente, e eu gosto de compartilhar as minhas idéias, adoro receber elogios, criticas também são bem vindas, afinal não dá pra agradar a gregos e troianos, mas quem sabe um dia além de ter a idéia de escrever um livro eu realmente a adote?!  Escrevo por amor.

                                                                                                      -texto dedicado pra alguém bastante especial pra mim.


terça-feira, 20 de setembro de 2011

Diz Coração.




"- Fala baixinho, com carinho, devagarinho, sem pressa para não me pregar uma bela peça, diz coração o nome do meu amor, da minha paixão... por favor...


                                                           ... porque eu sei que esse alvoroço tem o nome de um moço!"


domingo, 18 de setembro de 2011

Um novo ciclo.




          Sempre tive ondas de mudança de humor, ficava feliz e em poucos segundos batia uma vontade imensa de chorar, acho que eu sempre soube que faltava alguma coisa pra me estabilizar, e chegou a hora, eu tive o tempo de equilíbrio necessário, que se renova a cada semana.
          De uns tempos pra cá minha vida vem se preenchendo cada vez mais de alegria, meus sorrisos são bem recebidos, meus carinhos são retribuídos, tudo ficando no lugar em que sempre deveria estar. São conversas pra passar tempo, saidinhas felizes que me fazem ter um sono tranquilo e completo, coisa que normalmente não acontece, com tanta coisa pra pensar.
          Que não entendam mal o que estou tentando dizer, não é que as velhas amizades não sirvam mais, essas foram basilares para as novas, com erros e acertos venho construindo novos laços, me sentindo melhor comigo mesma. Um velho ciclo se completou, vem agora a cada amanhecer novos desafios, novas metas, novos sorrisos, uma multidão de momentos que me fazem bem. Quer saber? Eu declaro: tô feliz, tô bem, e sim eu já amo muita gente. Muitos nem desconfiam, mas bastou uma palavra, um abraço ou até mesmo um olhar pra que eu sentisse que tudo isso será duradouro.
          Então peço a Deus que me ajude a ter sempre essa sensação de alegria que me ronda por todas as semanas, que eu seja forte e saiba encarar todas as situações que aparecerem, porque eu sei que posso contar com amiguinhos que trago no peito.

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Aquilo que se sente.





          Hoje eu acordei com um sentimento no peito, sem muito entender acabei dando uma olhada em antigas fotos, aquelas em que seu sorriso é tão puro que é possível ver sua felicidade na alma, enquanto olhava essas lembranças meu peito apertou, senti algo quente escorrer pelo meu rosto, involuntariamente as lágrimas caiam em meio a sorrisos, encontrei o nome do sentimento, era saudade.
          Saudade dos que estão longe de mim, saudade dos tempos que não voltam, anos, meses, dias em que arrastei pessoas especiais pra junto do meu coração, onde, apesar do tempo, continuam guardadas, quando se conhece alguém e esse alguém te toca, faz surgir um afeto, é difícil de esquecer, hoje muitas dessas pessoas tomaram rumos diferentes do meu, começaram uma nova vida, mais posso confessar? Eu sinto saudade cada dia, mesmo que não a explicite ela existe.
          E a vontade de sair correndo, pegar um ônibus, um voo, me ocorre sempre que o aperto do coração aparece, por obstáculos isso não é possível, mais um dia eu sei que irei ter mais um daqueles abraços, mais uma foto pra atualizar as lembranças, eu terei mais uma vez aqueles sorrisos da alma, a felicidade acumulada, pra poder suportar a dor de voltar pro meu lugar mais uma vez.


quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Meu eu particular




          Quantas vezes tive que responder as perguntas: “Tá tudo bem? O que você tem?”, Parece loucura, muitas vezes não tenho nada, absolutamente nada, sem sentimento nenhum, fico estática, com o olhar vazio, ou até mesmo com os olhos cheios d’agua.
          Me perco em idéias, crio situações, projeto meu futuro e faço planos, tenho meus momentos de tranquilidade, me desligando do mundo. Sei que às vezes pareço ausente no meio de tanta gente, que pareço me distrair fácil, voando pra longe, com um olhar distante, no fim sempre vem aquele sorriso discreto e a confirmação de bons pensamentos, com os olhos focados chega mais forte ainda aquela risada gostosa sem muito pra explicar, apenas felicidade pra compartilhar.

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Eu não entendo você





          Acho até engraçado quando paro para analisar os nossos momentos,  o quanto sofri, o quanto tive esperança, era só começar a me aproximar, mostrar minhas intenções que você fugia, sem dar nenhuma explicação sumia e não dava noticia por dias, nesse tempo eu comecei a juntar os pedacinhos de esperança que guardava no coração, decidi jogar tudo pro alto, não criar expectativas.
          Tive ajuda de muitas amigas, comecei a pensar em você cada vez menos, a frequência de buscar qualquer atualização sua no email foi diminuindo, eu começava a me focar em outras situações, começava a sorrir mais, a me despreocupar, e parece que quanto mais eu me afastava mais você sentia a minha falta, ligações perdidas, mensagens ao acordar, e-mails com noticias, era uma montanha de espontaneidade que chegou a me assustar, e agora não sei mais o que pensar, é uma mistura de felicidade com dúvida, hoje ficou comum conversar com você, mais queria dizer que espero uma posição sua, uma decisão sobre tudo isso, na verdade eu não entendo você.

- "Eu não entendo a sua volta,Eu não entendo a sua indecisão,Num dia sou seu grande amor,No outro dia não ... "


quinta-feira, 28 de julho de 2011

Quinta-feira


            Mais uma quinta-feira , a noite não foi nada fácil , não dormi . Uma ansiedade misturada com saudade , uma ausência  que machuca , que faz com  que o coração sangre de segunda à segunda , hora em hora .Depois de tanto tempo me rendi a essa saudade e quis ir ao seu encontro . O dia ainda não havia nascido , a lua ainda exibia toda a sua beleza no céu , a rua ainda era deserta , via-se um ou dois trabalhadores indo para as paradas de ônibus . Rostos  ainda cansados , o meu escondia uma tristeza por ter que ir no lugar tão triste em que você se encontra . No ônibus , eu observei as ruas pela janela , pensamentos e sentimentos se misturaram me causando uma angústia sem tamanho e as lágrimas ainda se seguravam , um nó bem grande se formou na garganta causando dor . Ainda me faz mal pensar no que havia acontecido na sua vida , nas nossas vidas . Tudo mudou desde aquele dia , tudo .
          Chegar naquele lugar faz com que um desejo enorme de voltar para casa seja instantâneo. Uma fila enorme , uma espera quase que sem fim . Finalmente os portões eram o único empecilho de ver seu rosto novamente . Ao serem abertos , meus olhos lhe procuraram
“ Cadê ? Cadê ele ? “ – me perguntava . Quando me  deparei com ele , estava diferente , mais gordinho . O corpo e o coração estremeceram de felicidade , todos os sentimentos ruins foram imediatamente embora . Conversar com ele me trouxe uma paz tão grande de espírito  , éramos não só irmãos , éramos amigos . Não existia mais aquela conversa com o tom de obrigação , era uma conversa espontânea . Dois velhos amigos .  Nunca senti tanto amor , e ao sentir esse amor percebi que não existia mais raiva pelo seu ato , existia compaixão . Eu finalmente percebi que o amor vence tudo , supera os maiores erros . E , eu te amei com toda a verdade que existe em mim .
            A hora de voltar para casa se aproximou , e  mais uma vez voltamos sem ele ...

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Frio

              Ah que friozinho gostoso é esse ?  Que dá  uma vontade louca de ter você aqui o tempo todo . Agarradinhos , com os pés juntinhos e todos os “ inhos ” que existir . É  por isso que eu sou incrivelmente apaixonada por essa estação do ano , acredito que é nela que o coração fica mais bobo , desejando companhia o tempo inteiro .  Esse desejo de ser par romântico de alguém , tudo tão clichê e ao mesmo tempo tão adorável . Tão inverno.Sem contar que a gente fica mais preguiçoso , quer toda hora uma cama quentinha . Não liga   para  a bagunça , quer tudo desarrumado mesmo . O egoísmo vai embora porque todo mundo quer alguém do lado , nada mais de “ Eu”   , tudo vira “ Nós” . 
              Chocolate  quente , leite quente , café quente , casaco  ,  blusão , cobertor , abraços , nós , cama , filme , cafunés , livro , beijo , romance , família , fogueira . Tudo quente . Agora eu pergunto a vocês :  Alguém aí  quer um  solzinho depois de tudo isso ? ( risos)
          – Eu não quero , obrigada !

Um conselho

        
            Em um dia que parecia igual aos outros ouvi meu telefone tocar, era uma amiga, com uma decisão formada:  terminar o namoro. Esse não era o primeiro término, mas devo dizer que foi um dos mais difíceis, já havia se formado um apego, uma afeição, um sentimento que vindo dela era raro de acontecer.
     
    Minha opinião foi requerida, pensei em milhares de coisas, e além disso pensei nas consequências de cada pensamento, conselhos clichês já não ajudam, são inúteis e sem criatividade, era minha amiga, uma das melhores, me pedindo um conselho, nada mais justo da minha parte dizer algo sincero e verdadeiro, depois de conhecer toda a história eu não podia dizer mais nada além de: realmente esse é o fim, não adianta gostar de quem só vem atrás de você quando deseja, que se distancia com desculpas esfarrapadas.
          
Ouvi o soluço de um choro baixinho, eu sabia que aquilo não era fácil, e esperei, até que ela dissesse que me amava por sempre ter as coisas certas a dizer, apenas por ouvi-la, por ser sua amiga, mesmo com um nó na garganta agradeci e como sempre me pus à disposição dela pra tudo, qualquer situação que surgisse.  Me senti uma pessoa melhor, apenas por ter feito o que fiz.

Preocupações

  
             Nunca me disseram que seria fácil crescer, eu só queria que não doesse tanto, às vezes queria poder parar no tempo e me preocupar apenas com coisas simples, a cada ano que passa meus pensamentos ficam complexos, as emoções parecem ser atenuadas e as experiências mais intensas.
          
   “Crescer”, quantas vezes durante a minha infância desejei tal coisa, e quando consegui apenas queria poder voltar atrás, fico sem entender algumas perguntas, penso em tudo que faço, digo e acho, penso até demais, perco momentos que não devia, choro por motivos errados, tenho crises de riso quando não podia, um turbilhão de sensações de mais uma mudança: da adolescência pra vida adulta.
           
Muitos já me disseram que se crescer fosse fácil e tivesse um manual de instruções, ninguém conseguiria amadurecer, tomar atitudes e obter responsabilidades, pensando bem crescer tem seus pontos positivos, com o arrastar do tempo pessoas especiais que nunca nos abandonam e nos ajudam em momentos de duvidas são essenciais pra formação dos adultos que seremos.
          
Apesar dos altos e baixos que sofro nas minhas metamorfoses, acho que não seria demais pedir uma coisa: ser criança, ter preocupações simples quando puder e que os detalhes sejam apenas detalhes.

quinta-feira, 21 de julho de 2011

Aos amigos

           Queridos leitores ... ( risos ) ; tudo bem não vou começar com aquele blá blá do começo dos livros escolares . Ontem dia 20 , dia internacional do amigo não postei porque ando ocupada resolvendo alguns assuntos particulares , mas enfim não me importo muito com datas comemorativas , acho que não existe um dia especifico para pai e mãe  , amigos , namorados e toda a infinidade de datas que existem , acho que todo dia  é dia de relembrar aqueles que fazem parte da nossa vida e o quanto são especiais .
         Mas deixo aqui minhas palavras de agradecimento pelos 365 dias do ano pela amizade daqueles que considero como amigos verdadeiros . Muitos ao longo da minha vida se disseram amigos , mas o tempo mostrou que quantidade não era importante , mas o que realmente importava era a essencialidade que cada um acrescentava  na minha vida .
           Por todo amor recíproco , respeito e compreensão  . Por cada lágrima que secaram  e colo que me deram . Conselhos nem sempre ouvidos por mim , tão cabeça dura , mas fico feliz pelo cuidado . Por todo o tempo em que ficamos no telefone fofocando e rindo . Abraços e cafunés  , pãezinhos de queijo e coca-cola ao fim das aulas chatas de física , ao amor entregue nos emails e cartas . Eu novamente agradeço a  vocês , meus amigos . Meus irmãos.

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Mudei

             Sim , eu quis mudar . Passei a rever meus conceitos , me ver por um outro ângulo . Observar o que estava ao meu redor  . E não gostei muito do que vi. Existia uma bagunça , aquela que fica guardada no cantinho da gaveta , que  só a gente sabe da existência dela . Um tipo de bagunça  secreta , pois é , eu resolvi me livrar da minha  . Cansei . Joguei tudo fora ,fiz uma varredura em tudo aquilo que só ocupava espaço e não servia pra nada .
           Ainda tem tanta coisa para ser acrescentada , outras a serem multiplicadas nessa minha história  . Eu preciso amar. Quebrar a cara e levantar sorrindo . Chorar .  Opa chorar ? Sim ! E chorar muito para lavar a alma quando tudo for pesado demais . Estudar pra caramba  ,e no final do semestre pedir  muito descanso . Desejar  o indesejável  , sonhar com os pés no chão . Amar mais um pouco . Extravasar, surpreender e compreender . Seduzir com sorrisos inocentes.  Conquistar amizades .  Largar a preguiça na cama e ir curtir um pouco mais do  Sol que reina de manhã . Mostrar o rosto para o mundo , festejar até o corpo não aguentar mais ,  carregando um desejo enorme de ser feliz e não ligar para os outros ,  uma felicidade independente   , quase que egoísta . Foda-se  o comodismo de sempre , joguei tudo fora apenas querendo a liberdade .

segunda-feira, 11 de julho de 2011

Você , do meu lado.

          
              Uma vontade enorme de ficar embaixo do coberto , uma panela de brigadeiro e um bom filme passando na tevê . Pra ser melhor só precisava ter você do lado . Sabe quando bate aquele aperto no peito que a gente não sabe de onde vem ? Pois é , de repente fiquei assim . Precisando de um bom cafuné ao pé da orelha ,  meus pés sobre os seus  e minhas mãos acariciando sua barba . Sentir um pouco de carinho , o seu carinho , o nosso dengo  .
              Quando a gente fica assim , não faz bem ficar sozinho . Bate uma solidão terrível ,  mas no meu caso  ,a única solução tem nome , o seu .
Não quero falar absolutamente nada , o nosso silêncio é bom   , quero seu perfume  tomando conta de todo o ar que me envolve . Vai ser bom pra mim , vai acalmar a alma . E antes que eu pegue  no sono , um beijo seu , não cairá mal . Amanhã vai ser um novo dia , e tudo vai ser melhor . Eu espero.

quarta-feira, 6 de julho de 2011

Vá , minha doce menina !



        Dê seus primeiros passos minha doce menina , já não posso colocar-te em meus braços e fazer-la dormir cantando as velhas canções de ninar . É sua hora , mostre-se ao mundo . Na sua pequenez  , muitos não acreditaram no seu potencial , mas eu continuarei  aqui acreditando firmemente na imensa grandeza que você carrega dentro de si . Sei também que essa grandeza pode ultrapassar todos os desafios que a vida se encarregará de propor à você . E quando for vitoriosa , vou gritar para todos o quanto se tornou grande minha menininha  .Eu já não posso mais caminhar ao seu lado , é necessário que eu me afaste e deixe você aprender a se levantar de cada queda , não pense que eu não me preocupo mais . Mas, só nos tornamos grandes pessoas quando aprendemos a lidar com todos os nossos medos . Se algum dia tudo isso for pesado demais não se preocupe , eu ainda posso secar suas lágrimas e fazê-la dar o sorriso mais encantador , o mundo precisa ver o quanto belo é o teu sorriso . Não perca mais tempo , vá , o tempo não espera . É  preciso aprender a jogar com ele e não deixar que ele vença . Crescer na maturidade , mas nunca perder o coração dos tempos de criança .

terça-feira, 5 de julho de 2011

Meet me halfway





          Quanta ausência das minhas palavras ultimamente , quanto silêncio . Muitas vezes durante a noite ao por minha cabeça no meu velho travesseiro achava que havia perdido o dom de expor aquilo que sentia para os outros , mas acabei percebendo que os outros já não se faziam mais presentes como antes  . Aqueles que junto comigo construíram lindas histórias no passado , hoje já não fazem parte do presente e tão pouco farão presença no futuro .
          Mas é bom saber que estamos crescendo , tomando rumos na vida . Mesmo que sejam rumos opostos , a vida é assim , um dia  ela vai  nos obrigar a percorrer um caminho . Os que caminharam por muito tempo ao meu lado , foram ficado pelo caminho , mas você segurou minha mão e disse que não soltaria mais ela . Cuidou de mim quando eu já não acreditava em mais nada , me pôs em seu colo e me deu todo o carinho , preenchendo a ausência que se fazia em mim .
          Fui buscando me reencontrar com toda aquela imensidão de sentimentos que eu adorava ter sempre por perto . E novamente segurou minha mão quando o medo veio para destruir a certeza ,  não permitiu que eu jogasse tudo para o ar e muito menos fugisse . E por não ter me deixado um minuto se quer sozinha , meu maior afeto , meu amor eu volto a expor tudo que sinto . Volto a dedicar cada palavra para você .
“ Você não está sozinha , você tem a mim “- disse ele , em meio ao sorriso mais lindo do mundo .

Amigo estou aqui.




           Sabe aquela velha amizade, que mesmo não tão presente existe?! Pois é, eu tenho uma assim, apenas uma conversa, simples até, tudo voltou como se o tempo não tivesse tentado apagá-la. Pra todas as dúvidas, pra sorrisos e lágrimas, mensagens que me fazem rir mesmo quando não tenho vontade, declarações de que posso contar contigo sempre, é muito bom ter a certeza de pelo menos um porto seguro, um ponto de amizade certa.
           É uma amizade daquelas que te fazem morrer de vontade de estar junto, de dar um enorme abraço a cada sorriso provocado, a cada “eu te amo” dito. Anos de historias e risos, lembranças como as nossas são únicas, e hoje a gente troca cada detalhe como se os fatos tivessem acabado de acontecer.  Um futuro pela frente, e uma certeza que já tenho: não quero você longe de mim!

Insônia





          Depois de um simples telefonema, parei para pensar e me senti estranha, acho que falei demais, estraguei qualquer que fosse a nossa ligação. Agora me pego perdida em pensamentos, refazendo cada passos, cada palavras na tentativa de descobrir aonde escorreguei, em que ponto me desviei da certeza.
          Uma invasão de pensamentos , me fazem sentir como se a qualquer momento minha cabeça fosse explodir, não vou mentir e dizer que não cheguei a um ponto de quase surtar . Seu silêncio agora é torturante.
          Estou aqui sentada em um balcão da minha cafeteria preferida , já passa da meia-noite e continuo tentando não dormir, tentando entender o que aconteceu. Simples assim, você me faz perder o sono, me deixa desesperada sem ter um rumo, me afogo em um mar de dúvidas e quando o sono ousa me encontrar me vejo dizendo: "- me vê mais uma xícara!"

domingo, 3 de julho de 2011

Só para lembrar




-Caixa Postal...deixe sua mensagem após o sinal.

         -Há muito tempo queria dizer, eu gosto de você. Apenas por me fazer feliz, por me dar o prazer de compartilhar ideias, novidades e risos. Mesmo com momentos de silêncio mortal a ligação nunca se perde, a respiração é ouvida com atenção, qualquer mudança é percebida.
          Enfim, só queria agradecer pelas melhores conversas, que elas continuem sendo surpresas.


 
                                                                           Com amor .                          



GoodLuck





         Sabe quando falam que a sorte sorriu pra você? Finalmente ela sorriu para mim , é incrível , mas finalmente aconteceu .
         Pensamentos tornando-se realidade, perguntar aquilo que outrora não consegui , o êxtase de ver a realização . Estranho e ao mesmo tempo curioso, mas afinal não tenho do que reclamar, acabei me divertindo como nunca .Pedido feito e atendido, uma promessa de esperança. Destino seu engraçadinho ,espero ter entendido tudo certo, que os devaneios que passaram por minha cabeça tenham me permitido analisar cada palavra com seu sentido real.
        Ganhei um presente do tempo , um simples trevo de quatro folhas . Símbolo de crença para muitos e agora com todas essas situações a meu favor , acredito nele também . Ele me trouxe coisas boas e inúmeras outras começam a conspirar a meu favor. Que seja eterno enquanto dure, essa imensa sensação de felicidade e expectativa surge na velocidade de três segundos. Não tem mais palavras contra o que sei que aconteceu, ele ficou justo no lugar em que foi posto. E só me resta dizer, Boa Sorte!

quinta-feira, 7 de abril de 2011

LUTO !

        
                                   
            
É incrível como um dia pode ser marcado pelo horror, medo e tragédia. Quem imaginaria que em um dia normal um ser humano fosse capaz de tirar a vida de 12 crianças, é triste a realidade, é revoltante a conduta de um homem sem juízo, nenhuma moral e principalmente: sem Deus no coração.
          ” Até quando meu Deus irão existir pessoas assim?” -me pergunto. Me impressiono com tamanha maldade que os homens carregam no coração, é inaceitável ver a dor de famílias que perderam filhos, parentes e as tantas outras crianças que perderam os amigos. O homem não tem o direito de tirar a vida de seu semelhante, quanto mais de inocentes. Crianças, um futuro tão grande pela frente , sonhos perdidos. E os que sobreviveram terão como marca  os amigos caídos aos seus pés .  Aqueles com os quais conviviam, agonizarem até a morte. Sem respostas a sociedade se revolta, se comove e chora em solidariedade com os parentes sofrem com tamanha tragédia . Eram apenas crianças .
         Quanta falta de Deus existe no coração dos seres humanos, de luto, com a memória marcada, com opiniões de dó e revolta o coração clama por paz .  Paz ao Rio, ao Brasil por inteiro e sem esquecer de tantas outras chacinas ocorridas como essa nos Estados Unidos e mundo a fora  que seja feita justiça com os que afrontam o mais fundamental dos direitos humanos: a vida.

quinta-feira, 17 de março de 2011

La musique


  C'est quelqu'un qui m'a dit que tu m'aimais encore. Serais ce possible alors ?  ♪                                                                                                                                                                                                                                                                                                                       

 + Carla Bruni

quarta-feira, 16 de março de 2011

Changed


          O velho all star agora está empoeirado  , jogado pelo canto do quarto . O sapato de salto alto agora é dono dos meus pés , embora cansados pela falta de costume  , tornam-se femininos .  A maquiagem não serve mais como enfeite do meu estojo quase sem utilidade , o rosto ganha uma  nova beleza . Meu ursinho tão velho e companheiro de tantos momentos bons  , hoje recebe meus abraços na tentativa de calar a saudade . Não a saudade do tempo em que brincávamos  , mas a saudade do amado  que não pode estar comigo no anoitecer . Contos de fadas ?  Não , obrigada . Mas acredito no final feliz . Meu príncipe não veio em um cavalo branco como sonhei tantas vezes após ler historinhas quando criança  , mas ele veio e  ganhou completamente meu coração . Os amigos de infância cresceram , tomaram seus rumos . Eu aos poucos também estou crescendo , deixando aquela menininha e me tornando uma mulher repleta de desejos , vontades e um milhão de planos  . Intensidade a flor da pele , metamorfoses no pensamento , sensibilidade  ao toque . Talvez isso aconteça com todas as outras mulheres . Talvez seja uma coisa natural , algo premeditado por Deus . Só sei que  estou exatamente nessa fase .

Pierrot ♥ Colombina




          Foi algo inexplicável. Não planejei , apenas aconteceu. Senti a cada toque uma descarga elétrica percorrer meu corpo por inteiro, cada minúscula extremidade, cada  pelo se arrepiou, confesso que há muito tempo não sentia isso, já nem me lembrava a sensação de ter ansiedade sobre alguém.
     Uma dose de adrenalina, uma excitação e batimentos cardíacos alterados. “Como pode ser possível sentir toda essa mistura de sensações por alguém que mal conheço?"
   me perguntei um milhão de vezes . 
Mexeu com todos os meus pensamentos, não consegui dormir depois de tentar entender o que havia acontecido. Beijos sincronizados , harmonia de abraços, como se tudo houvesse sido premeditado , caminhos cruzados. Estava completamente feliz , sentimento que não sentia a muito tempo . O tempo tinha parado, e somente nós dois existiamos , apesar de toda a multidão.
       “Meu Deus ,  ele é perfeito!
 " – continuava a dizer a mim mesma .   Mesmo sem nem desconfiar acertou em cheio no que gosto, beijos na testa que além de carinho mostram respeito, um abraço aconchegante, protetor, uma atenção e cuidado que jamais havia sentido de outro alguém, me fez de musa para risos e expressões. Uma noite, apenas uma noite e minha vida virou de ponta cabeça .
     Agora sei que preciso dos seus abraços, beijos e carinhos.  Vem pra cá , me faz feliz?

terça-feira, 8 de março de 2011

Toque


        Me toque da maneira mais carinhosa possível, entrelace seus dedos nos meus  , me puxe para mais perto do seu peito deixando que o silêncio tome conta de todo o espaço e eu só possa ouvir as batidas do seu coração – bem fortes .

domingo, 20 de fevereiro de 2011

Querer

      Hoje eu quero brigas terminadas com abraços e pedidos de perdão . Quero sorrisos cheios de alegria ao invés das lágrimas. Nada de tristeza , nada de dor .Não quero palavrões , quero poesia . Um pouco de MPB . Cafunés intermináveis ao pé da orelha  . Quero você do meu lado . Beijos intermináveis . Uma música com meu nome . Uma Fé grande e forte quanto uma rocha . Um abraço do meu irmão . Um feliz para sempre . O coração tem que transbordar  amor  e a mente tem que ser repleta de pensamentos positivos .Pensamentos livres como o céu como diz a canção . Hoje eu quero tudo .

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Two ♥



         Alguém pode me emprestar dois mil reais ?  Algum candidato ?  Juuuro , que assim que conseguir um bom emprego eu pago centavo por centavo  . Quero comprar passagens de avião para trazer a Shay para bem pertinho de mim , preciso desesperadamente de um abraço dela .Trazê-la , abraçá-la bem forte  e para que eu me sinta extremamente feliz , trarei outra amiga pelo qual ando sentindo uma saudade tão grande , que nem sei mais descrever o quanto a ausência dela nos meus dias estão me fazendo  mal , Milena .  Sinto falta das nossas risadas , dos cafunés que só você  sabe fazer e de todo carinho que  tem por mim .
         Quero meus bebês bem aqui comigo , vamos assistir um bom filme e fazer canecas enormes de chocolate quente ou podemos sair , não importa o lugar . Quero vocês comigo  . Vamos rir até nossas barrigas doerem  , vou fazer as duas se conhecerem  e tornarem-se boas amigas também . Mas , eu realmente preciso muito das duas ,  amizades verdadeiras fazem tão bem ao coração . Sei que escrevendo isso tudo vai causar ciúmes  , caras fechadas  e até piadinhas , mas isso eu já ouço e vejo todos os dias , então nem ligo mais . Hoje só quero dizer a elas o quanto as amo , o quanto elas me fazem feliz , o quanto a amizade delas me fazem seguir a diante .Tanto apoio , carinhoamor , conselhos ,  segredos , sorrisos , brincadeiras , conforto , tristezas compartilhadas , bobagens , músicas , fotos , presentes , histórias , declarações , lembranças , um milhão de sentimentos bons e duas amigas pelas quais dedico este texto .

Ninguém precisa saber que chorei horrores escrevendo para vocês         As amo para sempre   !

Por Favor !




        Fica mais um pouquinho aqui comigo ?  Fica ? Por favor . A semana vai ser tão longa  e vou ter que ficar aqui sozinha , longe de tudo ,                                                                  principalmente de você .

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Chuva na janela



        Passei toda a minha vida observando o quanto é gostoso ver a chuva cair, aquelas gotinhas de água que fazem um barulhinho nas pedras , uma certa sinfonia. Cada gota com seu som , o frio chega e bate aquela vontade de entrar embaixo de um cobertor quentinho com uma xícara enorme de chocolate quente para acompanhar. Aquela noite seria diferente, não consegui apreciar a chuva que anunciava cair . De repente uma onda de pensamentos atordoados , uma inquietação me atormentava .Encostei minha cabeça na janela e fiquei a observar a rua , me perdi em devaneios por mais ou menos uma hora, tempo suficiente para a chuva começar a cair, forte, barulhenta e perfeita. Foi com um olhar de relance que vi aquela sombra na rua, observando minha janela com atenção, curiosa apertei os olhos e me aproximei ainda mais da janela, sem poder identificar quem era. A curiosidade veio junto de um desejo estranho de ir até lá fora ver quem era a tal sombra .
         Aos poucos sua imagem foi ficando cada vez mais nítida, era um rapaz na mão tinha uma rosa vermelha, isso me chamou a atenção e fez com que meu coração acelerasse. Esqueci completamente do tempo , pus um roupão e corri em direção ao rapaz, mas quando cheguei já não havia mais ninguém, demorei para acreditar que aquilo tinha sido real, a prova viva de que tudo aquilo aconteceu foi esquecida em meio a chuva: a rosa vermelha. Nem pude ver seu rosto, sentir seu abraço, agradecer pela visita, o carinho que ele quis me mostrar com aquela rosa em mãos, nem seu nome eu sei, mas ainda o espero todas as noites de chuva na minha janela.



          

'Está me assumindo. Eu sinto um frio no ar. Há uma mudança no tempo. Aqui vem novamente. Agora eu posso sentir a chuva.  '

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Música

         A música tem o poder de acalmar tristezas , trazer alegria , fazer chorar , compreender sentimentos. Forma mais agradável e incrível de compartilhar com o outro aquilo que se sente . Completamente envolvidos com esse sentimento trazido pela música que contagiava todo aquele espaço , nossos corpos se uniram tentando criar uma harmonia com aquilo que ouvíamos . Eu , uma boba sorridente por estar ao seu lado .Completamente sem ritmo , perdida em seus braços que me levavam de um lado para o outro. Da batida forte , até a mais romântica nós simplesmente dançávamos .
        A  música era calma , fazia com que vários casais se unissem e com a gente não foi diferente , nos abraçamos mais forte ainda e de nossas bocas um sussurro  saia cheio de amor  cantado por nós dois , chegava aos ouvidos . Fechei meus olhos , esqueci de todos que estavam por ali e me entreguei completamente
.

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Procura-se :

 
A Pessoa Errada


" Pensando bem
Em tudo o que a gente vê, e vivencia
E ouve e pensa
Não existe uma pessoa certa pra gente
Existe uma pessoa
Que se você for parar pra pensar
É, na verdade, a pessoa errada.
Porque a pessoa certa
Faz tudo certinho
Chega na hora certa,
Fala as coisas certas,
Faz as coisas certas,
Mas nem sempre a gente tá precisando das coisas certas.
Aí é a hora de procurar a pessoa errada.
A pessoa errada te faz perder a cabeça
Fazer loucuras
Perder a hora
Morrer de amor
A pessoa errada vai ficar um dia sem te procurar
Que é pra na hora que vocês se encontrarem
A entrega ser muito mais verdadeira
A pessoa errada, é na verdade, aquilo que a gente chama de pessoa certa
Essa pessoa vai te fazer chorar
Mas uma hora depois vai estar enxugando suas lágrimas
Essa pessoa vai tirar seu sono
Mas vai te dar em troca uma noite de amor inesquecível
Essa pessoa talvez te magoe
E depois te enche de mimos pedindo seu perdão
Essa pessoa pode não estar 100% do tempo ao seu lado
Mas vai estar 100% da vida dela esperando você
Vai estar o tempo todo pensando em você.
A pessoa errada tem que aparecer pra todo mundo
Porque a vida não é certa
Nada aqui é certo
O que é certo mesmo, é que temos que viver
Cada momento
Cada segundo
Amando, sorrindo, chorando, emocionando, pensando, agindo,
querendo,conseguindo
E só assim
É possível chegar àquele momento do dia
Em que a gente diz: "Graças à Deus deu tudo certo"
Quando na verdade
Tudo o que ele quer
É que a gente encontre a pessoa errada
Pra que as coisas comecem a realmente funcionar direito pra gente [...]"

                                                      Luis Fernando Veríssimo 

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

O velho sofá


          Logo pela manhã ela arrumava sua casa , não deixava que os detalhes fossem esquecidos . Ao arrumar a sala , lá estava ele , o velho sofá vermelho . Ele lhe trazia tantas lembranças ruins , quantas vezes ela não viu o homem “esparramado”  naquele sofá , quantas vezes não viu o mesmo homem falando coisas horríveis , enquanto estava lá . “ Cadê ele ?  Já saiu ? “ – disse a menina .
“ Só Deus sabe (...) “ – respondeu  a mãe .
Mesmo trazendo no peito uma frieza sem tamanho , ela arrumou o velho sofá , cuidou e pensou em como ficaria mais confortável , caprichando com muitas almofadas . Quando o homem chegou, tudo estava em seu devido lugar . 
           A decepção já era um sentimento que acompanhava a menina  , antes de olhar o homem ,  permitiu que uma lágrima caísse de seu rosto , logo a secou e foi ver como ele estava. Um sorriso diferente veio em seu rosto , dessa vez ele não estava esparramado ou até mesmo falando palavras que a deixassem triste , ele estava diferente naquela tarde . Ele era um simples trabalhador , cansado que trazia em seu olhar algo que encantou aquela menina . 
Mesmo com as decepções , Eu te amo “ – pensou , enquanto abria um sorriso cheio de amor pelo seu velho pai .

domingo, 16 de janeiro de 2011

Alone

            Hoje não quero falar ,também não estou afim de escrever .Deixe-me sozinha , ouvindo um pouco de Cássia Eller  , por favor . Obrigada ! 

  ♪“  Eu ontem fui dormir todo encolhido  , agarrando uns quatro travesseiros
chorando bem baixinho, bem baixinho, baby .Pra nem eu nem Deus ouvir , fazendo festinha em mim mesmo .Como um neném, até dormir
 
(...)“  ♫♪
                                                                                                                  
                                        Não amo ninguém - Cássia Eller  

sábado, 15 de janeiro de 2011

Decepções.


         Enganada mais uma vez, isso não é justo. Admito que me deixo levar fácil pelos sentimentos, faço planos sem uma resposta fixa, imagino além do que acontece. Mas destruir meu coração duas vezes seguidas é demais , ainda por cima em menos de uma semana! Isso é maldade. Pode não ter sido por querer, mas deveria ter tido cuidado com as suas palavras, esperanças falsas sempre terminam mal e sempre sobra pra essa eterna romântica aqui .  A realidade fez sonho se tornar uma angústia , que machuca sem dó . Eu sabia que não poderia confiar em meu coração, até o presente momento ele só me traiu, disse sim pra quem me diz não.
-  1ª Decepção :
        Você me alimentou com várias palavras  e essa mesmas palavras  despertaram novamente o que eu sentia por você . Eu quis me arriscar  , eu queria me jogar de corpo inteiro nos seus braços  e então “supostamente” surgiram oportunidades , mas no final o que recebi de você foi “ somos amigos , você entendeu tudo errado “ – você disse de forma simples e cruel . O último suspiro de meu peito.  Esperei o tempo passar, havia dito mais do que devia , um deslize total, mostrei meu coração sem perceber que ele não estava sendo aceito.
-  2ª Decepção [ Cartada Final ] :
       Apesar do que tinha acontecido antes , permiti me aproximar novamente de você. Você não estava sóbrio  , mas começamos a conversar .No primeiro instante pensei “ não deve ser nada , é só uma conversa boba. Suuuuper normal ,  responda o que deve responder e  não vá além do que deve, aja naturalmente “. E nesse ritmo a conversa foi fluindo ,  de repente a conversa começou a mudar, era como se tudo o que quisesse ouvir estava sendo dito. “ Maravilha ! “ – pensei .
Marcamos um encontro , era mais uma chance de tentar fazer meu coração ser aceito. E dois dias depois veio a nova decepção (...)”Como assim tinha dito tudo aquilo por que estava bêbado ? Besteira, tudo o que me disse foi besteira? “ – choraminguei .  Não queria acreditar, mas acabava de tomar uma decisão :
                                        TENHO QUE TE ESQUECER!
        Por você quase arrisquei uma amizade que vale muito para mim. Por você fui ridícula e ingênua. Passei por momentos dolorosos ,  precisei de um tempo pra me desafogar do que me sufocava, aquela dor da rejeição. Não guardo mágoas , superei você e hoje posso dizer que sigo em frente de acordo com o vento e com meu coração, que entrou em consenso com a minha razão e está calmo e em paz.

A vida me ensina e me dá caminhos diferentes por onde eu possa seguir... eu aprendo e escolho por qual caminhar.’

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More